Sou de Fafe!

Não é segredo para ninguém e é com orgulho que o digo: Sou de Fafe!

E este post surge como uma forma de agradecimento, pelas inúmeras demonstrações de carinho, apoio e incentivo por parte da gente da minha terra, que se tem mostrado unida à causa que pretendo divulgar pelo mundo. Nas terras pequenas é assim... todos se conhecem e todos se ajudam. É a "minha gente" e sinto, de todos, a força que me chega e a motivação que me dá para arrancar, o mais depressa possível, nesta VIAGEM DE UM CONTRATEMPO INVERTIDO.


A Parkinson, mais do que um contratempo, transformou a minha vida, no sentido em que me fez pensar que alguma coisa devia ser feita para que o mundo tomasse consciência do que é viver com a doença, das limitações que isso implica e dos cuidados necessários para que soframos o menos possível com isso, na tentativa de levar uma vida normal, apesar de tudo.


Não sou o único portador de Parkinson. Somos muitos. Felizmente, tenho tido um acompanhamento médico de excelência e uma força de vontade que, apesar de ser normal em mim, percebi que não chega a todos os que se deparam com a doença. E é isso que tento demonstrar: um contratempo não é um impedimento para nada nesta vida!


Assim, a Parkinson vai pelo mundo fora, numa tentativa de sensibilização para os que podem ajudar os portadores da doença, tal como numa forma de levar a estes uma dose de ânimo para a contrariar, vivendo a vida em pleno.


Agradeço aos Fafenses, como também agradeço aos restantes que, mais dispersos, se têm manifestado um apoio, de diversas formas. Todos os apoios são bem recebidos e carregam em si uma dose extra de motivação! Porque sozinho, isto nunca seria possível.


Obrigado! De coração! A todos!


Lembrem-se sempre:

A vida é bela, não a deixem fugir de vós!

Temos que ser fortes! E somos!

836 visualizações

© 2020 by mandarina.pt